quarta-feira, 1 de julho de 2015

Desculpe foi por engano...




Era um engano, daqueles que acontecem sem ser por engano, clica-se em "gosto", quando afinal o que queríamos era ler, cuscar, e que passasse despercebido.
Era mais uma daquelas noites em que me apetecia ficar em casa, saturada de jantares e saídas , cansada, e a precisar de férias.
Adoro estes momentos a sós comigo, como se no meu silêncio, o pensamento me levasse a outras coisas, outras pessoas e novas emoções
Fantasias ou sonhos ? ...Whatever...
Liguei o ipod ás colunas da sala, espalhei velas pela casa, uma Paz imensa transformou aos poucos aquele cansaço todo num relax total.
Tocava the blower,s daughter, o efeito que esta musica do Damien Rice tem sobre mim é absolutamente incompreensível .É como se nada mais existisse. Eu e um mundo, onde o amor é perfeito e sublime,e que desperta esta minha enorme capacidade de amar alguém e não ter ninguém a quem amar.
Ás vezes sinto-me uma "anormal", outras, uma ingrata, a vida poe no meu caminho, oportunidades, pessoas interessantes, atraentes, e eu... nada!!!
Peguei no tablete e fui ver o feed de noticias do FB, tirando aqueles posts sobre, auto estima ou  "o que foste em vidas passadas", até me divirto, encontro sempre alguma coisa interessante ou alguma noticia  que ainda desconhecia ,porque eu e a televisão, temos uma relação muito distante.
Naquela noite, deu-me para ler comentários a posts que eu própria havia comentado. Um quadradinho minúsculo com uma foto despertou a minha atenção.Não, não foi o que lá estava escrito, foi a foto da pessoa que comentou...
Hum... deixa-me lá ver isto melhor, pensei...
Vi as fotos uma a uma, voltei a ver.
Tudo o que ali estava me interessava, mesmo sendo o" tudo", muito pouco para tanta curiosidade.
Pus um "gosto" num comentário dele...
Não nos conhecemos, mas queria conhecer!
Desfiz o "gosto"...fácil !
Difícil foi ignorar o que me tinha despertado tudo aquilo.
 Tenho poucas certezas na vida, mas uma é inquestionável ,o meu feeling.
Lembrei-me duma estória que li...
Apaixona-te por quem se apaixonar por ti, por quem te leve até ás nuvens, mesmo que esteja um dia lindo de sol...
Por quem te diga num olhar, o que as palavras nunca conseguirão dizer...
Por quem, num simples  e leve tocar, te deixe entranhado na pele o prazer e o desejo...
O resto, não existe,
 não interessa,
 é apenas um engano!!!

Nani Carvalho

Pela calçada vazia...

O anoitecer chegou devagar vazia de vida ficou a calçada nem passos nem palavras, sentimentos deixados ao abandono espalhados aq...