sábado, 7 de dezembro de 2013

pudesse eu ser um pequeno pássaro...




                      


pudesse eu olhar a multidão
e ver lá no meio esse olhar
pudesse eu sentir o teu cheiro
nesta leve brisa que chega

ouvir neste som ensurdecedor
a voz sensual e rouca
quando emocionado dizias que me amavas
sentir no meio de tantos encontrões
a mão firme e protectora
que na minha segurava

pudesse eu gritar o teu nome
no meio desta enorme confusão
e a minha voz soar mais alto
e aí  conseguisse chegar

pudesse eu ser um pequeno pássaro
pousar na tua janela
cantar a música que cantas
em todos os sonhos que tenho
e sem te acordar
conseguir fazer-te sonhar

pudesse eu levar-te comigo
aos momentos que vivemos
para que de novo sentisses
como quando nos conhecemos

pudesse eu acreditar
que na emoção ao sonhar
tu sentias no abraçar
que não me deixaste de amar

Nani Carvalho








Era um pedido simples...

Era uma fria manhã vésperas de Natal, acordei com o barulho da sessão de circo que tinha começado,abri a janela e um lindo ...